terça-feira, 5 de julho de 2016

Relatos

           Relato 4- A mais ou menos dois anos atrás quando ainda namorava, eu sai pra correr no condomínio que meu ex morava, era um habito comum. Mas parece que que nasci virada pra lua, pois sempre algo de ruim acontece quando as coisas estão bem. Eu tinha acabado de passar por uma crise bem feia com o Travis, de chegar ao ponto de passar meses sem nos falar e nos ignorar sempre que nos víamos por causa de seu ciúme, mas conversamos e ele pediu desculpas.
                         
                        Estávamos bem, ele tinha saído pra encontrar o pai dele pra resolverem algo sobre a empresa da família dele quando eu decidi que iria correr, durante o percurso encontrei com um amigo dele e começamos a conversar até eu chegar na casa do Travis, quando eu tava me despedindo dele, o mesmo me beijou muito perto da boca. Foi tipo uma surpresa, não esperava por aquilo, mas foi mesmo na hora que meu ex chegou e viu aquela cena.

                      Travis partiu pra cima do garoto e quebrou o seu nariz, em seguida se virou pra mim, nunca tinha o visto com tanta fúria antes, eu realmente fiquei com medo e com razão. Ele me pegou pelo braço com tanta força que nunca tinha usado comigo, nem na hora do sexo. Me levou para o seu quarto e tirou minha roupa, me jogou na cama e amarrou minhas mãos juntas umas nas outras e começou a me bater, tipo nunca que ele tinha levantado a mão pra cima de mim.

                    Eu nunca apanhei tanto como naquele dia, me bateu com as mãos, com um cinto, apanhei tanto que comecei a sangrar, eu sofri tanto, sangrei horrores que acabei apagando. Acordei no hospital um dia depois, eu simplesmente tava cheia de hematomas e cortes feios, assim que abri os olhos o vi sentado ao lado da minha cama, com os olhos inchados e barba por fazer. Nunca pensei que o cara que eu amava podia me machucar tanto como ele fez.

                   Passei mais um dia no hospital, com ele ao meu lado. Eu já morava com ele na época, os dias que passei ali não falei uma única vez com ele, o mesmo tentou diversas vezes, mas eu tava em estado de choque ainda, sem acreditar que ele tinha realmente feito aquilo. 

                   Acho que foi a única vez que eu tinha terminado o namoro, passamos um tempo separados, eu morando na casa de uma amiga, com ele tentando a todo custo me reconquistar. Eu o amava tanto que depois de muita insistência acabei voltando, eu sei fui burra, como voltar com o cara que te espancava? Mas naquela época eu era imatura demais, pensava que só existia ele no mundo pra mim, mesmo voltando com ele não foi a mesma coisa, eu era meio distante dele, o mesmo tentava de tudo pra voltar o normal, aos poucos eu ia o perdoando.

                Eu fui burra em o aceitar de volta, mas acho que isso me fez crescer mentalmente, minha cabeça é outra nos dias de hoje. Se uma situação acontecesse agora, minhas atitudes seriam bem diferentes. Acho que se o Travis tentasse voltar agora, minha resposta seria não, mesmo ele tendo mudado, ainda existem magoas e cicatrizes abertas dentro de mim.


xoxo

Nenhum comentário:

Postar um comentário