segunda-feira, 4 de julho de 2016

Relatos




      Relato 3- Quando eu morava em SP as coisas eram bem mais liberais. Nessa época eu já namorava com o Travis e um dia ele teve a grande ideia de querer sexo na piscina da casa dele, sendo que ele morava com o irmão mais velho e que os amigos dele sempre iam lá, ou seja corria o risco de alguém ver, mas quem disse que eu me importava? Eu queria sentir o prazer que ele poderia me dar, sentir ele dentro de mim, apenas isso importava no momento.

                     Eram exatamente 6:15 p.m quando descemos para a área da piscina, não tinha ninguém em casa, o que era um milagre, o que me faz pensar agora se ele não disse ao irmão dele que queria me foder na piscina e não queria ser interrompido. Enfim, ele não esperou nem entrarmos na água e foi logo tirando a parte de cima do meu biquíni, chupando meus peitos de uma forma alucinante, que só ele sabia como me da prazer e me fazer gozar somente com aquele ato. Travis podia até gostar de dominar, mas sei que ficava louco quando eu assumia o controle, então comecei a estimular seu pau, e que pau era aquele!

                  Eu tava com tanto tesão que nem percebi o momento em que ele tirou a parte de baixo da minha roupa de banho e sua própria roupa. Chupadas na vagina com água foi a melhor combinação, ele me chupava tão forte e tão duro que não durei nem dois minutos, ele me pegou pelo cabelo me forçando a fiar de joelhos na escadinha que tinha dentro d'água e colocou seu pau na minha boca, prendeu meu cabelo com uma mão e com a outra massageava meu seio direito, forçando mais ainda a entrada do seu pau na minha boca.

                 Travis me imprensou na parede da piscina e meteu de uma vez forte, me fazendo ver estrelas. A adrenalina corria pelo meu corpo, o medo de que alguém visse me deixava cada vez mais excitada. Uma das várias coisas que eu amava nele, era a demora pra gozar, dessa vez não foi diferente, ele me fodeu por 1h inteira, eu já tinha gozado três vezes, beirando a quarta, quando ele aumentou os movimentos dos quadris, me pondo de costas pra ele, para poder bater na minha bunda, tenho uma cicatriz no bumbum por causa de seus tapas. No momento em que ele gozou dentro de mim, eu vim pela quarta vez, eu estava esgotada, dolorida, mas eu amei.

           P.s. Não usamos camisinha e eu não tomava nenhuma pilula


xoxo

Nenhum comentário:

Postar um comentário