segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Querido Diário, eu acho?

     Gente, quanto mais se aproxima da data da inscrição da universidade em Portugal, mais ansiosa eu fico, o que é um problema. Eu tom com um problema sério de coração. Sempre senti dores no coração, mas nada de alarmante, sendo que ano passado essas dores se intensificaram, ao ponto de eu chorar de dor. Teve um episodio que senti essas dores, dai meu braço e perna esquerda começaram a ficar dormentes, eu já fui logo pensando que eu tava tendo um AVC, fui bater no hospital, fiz uma bateria de exames e deu que meu coração não é no lugar, ele é desviado para o lado direito.

     Até ai tudo ''bem'', pois a médica falou que eu poderia ter nascido com isso, sendo que, ao meu alto nível de stress, ansiedade la em cima, depressão voltando, acarretou a essas dores. Então, sempre que eu sofro qualquer alteração emocional, eu sinto dor muito forte no coração. Só que vocês não entendem o nível da dor, de 0 a 10, é um 9,5 ou seja, dói muito, eu choro de dor. Mas vocês devem estar se perguntando ''ah, tu não toma nada pra dor?'', ''tem cura?''. Gente, eu tomo uma medicação bem forte, muito forte mesmo, sempre tenho sono quando todo, a cada 3 meses tenho que voltar na médica pra checar se ta tudo ''normal'' e tal. Bom, não tem cura, porque é como falei, ja devo ter nascido com isso e se agravou por causa do alto nível de stress.

     Mas onde eu quero chegar com tudo isso? Com a data das inscrições se aproximando, eu fico muito ansiosa, muito mesmo, fora que se você tiver lido o post anterior, você viu que eu estou in love de novo, então eu fico na minha mente ''será se ele ta gostando mesmo de mim, ou ele ta se segurando pois sabe que vou embora?'', ou ''como que eu vou fazer, tenho algo com ele ou não?''. Mano é incrível como sempre que vou fazer uma grande mudança, alguém aparece pra mexer com meu coração? Sendo que dessa vez, o VG é muito cabeça pra namorar, tem a mesma idade que eu, faz faculdade, é pé no chão, trabalhador, um fofo, enfim tudo que eu queria em um cara.

   Não sei o que fazer, minha ansiedade aumenta a cada dia, estou sem dormir direito pensando em tudo isso e um pouco mais, então ta sendo bem chato pra mim no quesito de saúde. Não consigo achar uma solução, porquê poxa, é meu sonho sabe, não posso desistir disso e nem ele vai deixar, como já falou pra mim várias vezes. To nesse dilema da vida. Sem saber qual rumo tomar.



xoxo

domingo, 18 de fevereiro de 2018

Explicações

    Então meus xerus, dei uma sumida legal, não foi nem proposital, eu juro. A faculdade me consumiu ao máximo, reprovei uma cadeira, descobri uma doença no coração que foi causada por stress, ansiedade e depressão, toda vez que sinto emoções muito fortes, eu sinto dores, mas não são normais, eu choro de dor, fico de cama por causa disso. É bem ruim, porque vem me atrasando muito na faculdade, pois a medicação é bem forte, então eu sempre to com sono e cansada.
 
    Em relação a minha vida amorosa, tava bem tranquila, até o dia 16/12/2017. Simplesmente aconteceu, ele apareceu do nada, a gente já se conhecia, mas nesse dia rolou algo sem explicação, pois foi bem aleatório, até as pessoas em volta se surpreenderam, ficamos juntos durante o fim de semana e foi muito bom, mantivemos contato até meu celular quebrar e eu passar quase dois meses sem, quando peguei o antigo da minha mãe, voltamos a conversar e decidimos passar o carnaval juntos. Meus xerus, só digo que foi lindo, quase volto casada. Ainda mantemos contato, moramos na mesma cidade, mas em duas extremidades, mas sempre, como tudo na minha vida, existe um grande porém, que já irei explicar, só digo que ele é um fofo, ótimo pra namorar.

   Então leitores, estou me mudando para Portugal, irei transferir a faculdade, mas primeiro irei fazer a inscrição que é em Maio. Sempre foi meu sonho fazer minha faculdade fora, desde pequena eu queria isso, já tenho tudo planejado, mas sempre tem algo. É incriável como sempre que estou prestes a fazer uma mudança radical na minha vida, aparece alguém importante, que muda minha vida completamente, foi o que aconteceu entre o VG e eu. A gente já se conhecia, somos primos bem distantes, bem mesmo, nem temos o mesmo sobrenome e tal, sendo que apenas agora desperta tudo isso e eu não queria gostar, mas estou começando e isso ta me deixando louca, pois ele mesmo falou que não vai empatar meus sonhos e isso foi fofo da parte dele.

    Eu quero ir embora, mas ao mesmo tempo não quero, porque depois de tantos relacionamentos frustados, eu enfim encontrei alguém que me coloque pra cima, que soma comigo. Tem a possibilidade de não da certo eu ir pra Portugal, mas não vai ser o caso de eu desistir de primeira, vocês me conhecem, sabem que quando eu quero algo, eu vou atrás até conseguir. Então foi isso que aconteceu nesse tempo que sumi, eu espero achar uma luz para tudo isso.


xoxo

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Querido Diário, eu acho?

      Eu sei que passei muito tempo sem postar nada aqui, peço desculpa caros leitores, se vocês ainda estiverem ai. Bom, primeiramente, faculdade é uma bosta, você chega com um pensamento de que vai ser mais leve, você vai poder enfim vadiar, sinto lhe informar que é totalmente o contrário. Você sofre constantemente com professores loucos, trabalhos acumulados, pessoas que parecem que não saíram do ensino médio.
      É tanta pressão em cima de você, porque agora é seu futuro que ta em jogo, se você errar agora, pode comprometer tua carreira profissional e a vida de outras pessoas, pois não é mais apenas você, envolve várias pessoas.
     Fora que querendo ou não, seus sentimentos ficam confusos, pois você não sabe em quem confiar, você não conhece ninguém, é realmente um pesadelo, temo que eu não aguente até o final do ano completo, é triste eu sei, mas é a realidade, infelizmente.


xoxo

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Querido Diário, eu acho?

      Então, eu sempre tive esse penhasco por garotas, acho que eu tinha uns 12, 13 anos. Eu me considero bi, mas ultimamente eu tenho estado tão fascinada por mulheres que eu acho que to começando a me apaixonar por uma, ela é linda, tudo que eu sempre sonhei. Mas existe aquele velho porém, venho de uma família evangélica e ela é bem mais velha que eu, nunca que ela olharia para alguém como eu.

      Eu vejo ela ficando com outras garotas e sinto inveja delas, como eu daria tudo pra ser eu ali, para ter as mãos dela no meu corpo, sua boca, me dando prazer. Ouvi dizer que ela faz milagres com os dedos. Você deve ta se perguntando se ela fica com muitas por ai, sinto em dizer que sim, ela é uma caçadora se posso dizer. Segundo a própria, ela não serve para namorar, é apenas beijou, transou e tchau, se você vir alguma garota chorando por ai, com certeza foi ela.

      Eu realmente admiro ela pela pessoa que ela é profissionalmente, ela é tudo que sempre quis e isso é ótimo, pois significa que ela luta pelo o que quer, mas no quesito relacionamento, ela é uma merda, por isso que eu não invisto, não tento ter algo, pois só vou sair com o coração quebrado. Eu to ficando realmente boa nisso de gostar de longe, sem me envolver, poupa o coração e o drama que provavelmente terá.




xoxo

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Querido Diário, eu acho?

              É, eu sei, sumi de novo. Mas eu tenho essa tendencia, não é que eu não me importe, ou porquê eu abandono,  longe disso, é só que as vezes eu tenho que me isolar do mundo para que eu não enlouqueça. Sempre vou precisar tirar um tempo pra mim, para me fortalecer, reabastecer minhas forças, para que eu enfim consiga enfrentar o mundo novamente.
           

domingo, 26 de março de 2017

Querido Diário, eu acho?

          Então, meio que indo para o terceiro mês de faculdade, muita coisa aconteceu. Não sei nem por onde começar direito. Meio que fiz umas amizades legais, conheci muita gente louca e meio que encontrei alguém.
           Ele tem uma calma que me cativa, tem um abraço que me acolhe, tem uma boca que me leva a loucura, dedos que me levam ao paraíso. Ele é como Dante e eu Beatriz, no momento eu desceria ao inferno só para ter ele por perto, para poder sentir seus lábios em minha pele, seu toque carinhoso e ao mesmo tempo bruto. Ele diz que somos artístistas, mas ele é que é, eu viro uma tela branca perto dele, onde ele desenha e colori do modo que bem entende. Me sinto viva perto dele.
            Queria ter coragem pra mostrar isso a ele, mas por enquanto fica sendo nosso segredo. Não digo que eu esteja apaixonada, digo que estou vivendo dia a pós dia, do meu jeito. Eu posso dizer que estou em paz no momento e essa sensação é maravilhosa. 


xoxo

sábado, 11 de março de 2017

Querido Diário, eu acho?

             Eu sei que dei uma puta sumida, mas tenho meus motivos.

         Motivo n°1: Eu consegui passar numa puta faculdade daqui e fiquei bem empolgada com isso, passava noites em claro, imaginando como seria, se eu ia conseguir me dar bem com todo mundo. Que no caso ta dando certo, to seguindo o fluxo da vida.

        Motivo n°2: Eu tive uma briga muito feia com um grupo de amigos meus, que porra eram como minha família. A briga começou em janeiro, veio ter um fim (trágico por sinal) esse mês de março. Mano, eu fiquei tão mal de um jeito, que passei noites chorando, muita gente magoou muita gente, foram ditas palavras que feriam muito. Falaram pro meu amigo, no dia do aniversario dele, que não desejavam nem saúde pro cara, ele ta no hospital e umas pessoas falando isso. Tudo bem que no passado ele fez merda, mas é como eu sempre digo, todo mudam, ele mudou, como várias outras pessoas daquele grupo. Meio que teve uma divisão, que ao meu ver já existia, apenas ficou evidente em janeiro. E mano jogaram a culpa dessa divisão na única pessoa que tava querendo da um jeito nas merdas que todos faziam. Mas pra acabar, a divisão continua, pois um lado admitiu a culpa, mas o outro não, meio que eles não querem admitir que tem culpa tbm, pois todos tivemos.

        Motivo n°3: Meu irmão sofreu um acidente, na verdade ele foi assaltado e levou três tiros, isso foi no final de janeiro pra fevereiro. Agora ele ta bem, ta em casa já, mas como uma das balas foi perto da medula, ele perdeu os movimentos do pé, não 100%, com fisioterapia ele pode voltar a ficar em pé, mas com ajuda de moletas.

        Motivo n°4: Terminei meu namoro.

Então meu caros leitores, é isso. Um resumo da minha vida de janeiro pra cá.
 xoxo